5 Erros mais cometidos na Iluminação


Todo mundo quer ter uma iluminação de qualidade na sua casa. Ainda mais quando isso pode ser combinado com uma decoração interior personalizada. Mas como fazer escolhas que façam sentido, sabendo o tanto de opções que existem no mercado? O risco de errar é muito grande. Pra isso, o correto é ter o apoio de quem entende.

Sabendo disso, estamos aqui para te ajudar! Nesse texto você vai saber quais são os maiores problemas que acontecem na hora de projetar um design de interiores e iluminação. Você verá também o que fazer para evitar essas falhas e conseguir um resultado de qualidade. Vamos lá?


1. Não compre LEDs ruins


Como já falamos em nosso canal anteriormente, é muito importante utilizar lâmpadas de LED normatizadas e com garantia. Com isso você terá assegurado uma boa reprodução de cores, durabilidade e qualidade de iluminação, o que justifica a escolha.

 

Um exemplo que podemos dar é o do apartamento de um dos nossos amigos clientes. Quando ele comprou LEDs sem serem normatizados em uma loja qualquer, a peça teve pouca durabilidade. Em apenas 6 meses metade dos LEDs já havia queimado, e os que não queimaram estavam com tons diferentes, como roxo e rosa.

 

Para evitar esses problemas, é muito importante que você foque nas peças normatizadas e certificadas pelo Inmetro. Além disso,compre produtos de iluminação onde você sabe que terá produtos de qualidade. Só assim você evitará os erros mais cometidos na iluminação.

 

 

Figura 1 - LED não normatizado

 

2. Não exagere nos spots


Quando você opta por muitos spots, o efeito que gera pode ser chamado de queijo suíço no teto. É muito importante ter sombra na iluminação, o que não é possível quando muitos spots são utilizados. O Bruno Mantovani, do nosso canal no YouTube, ama spots! Mas sabe que não vale a pena sair enchendo seu projeto com eles.


Se você faz isso, os colocando muito próximos um ao outro, vai acabar fazendo os fachos de luz se cruzarem, o que vai gerar umagrande 'bola de luz'. Dependendo do caso, é melhor utilizar placas 50x50 que o ambiente todo será iluminado. Isso deixará a luz difusa.
É importante lembrar de algo: spots tem como objetivo focalizar. Isso é feito em objetos, não espaços abertos.


Esse é um dos erros mais cometidos na iluminação, até já citamos ele em nosso canal e no blog também. Por isso, evite sempre que possível! Dê uma lida em nosso blog e veja mais sobre técnicas como luz difusa. Pode ser a solução que você está procurando.

 

3. Use poucos pendentes


Hoje os pendentes são considerados como a peça coringa na iluminação, reinando em qualquer espaço. Na sala, por exemplo, ele é sempre o destaque, seja no centro ou lateral. No quarto, varanda e lavabo também. Ou seja, em qualquer lugar!

Mas imagine que você entre em uma sala com vários ambientes, cada um deles com pendentes. Além disso, tendo pendentes também entre os ambientes. Aí não dá, né?! A ideia é destacar um produto no lugar, além dos efeitos de luz e sombra que a peça tem. Com relação a proporção, existe uma sensação de sufoco e falta de amplitude se você usa muitos pendentes juntos.

 

guia pratico de iluminacao residencial



Sabendo que esse é um dos erros mais cometidos na iluminação, a dica que fica é: não precisa exagerar. Opte por mesclar diferentes técnicas ou optar por um layout mais minimalista, ok?

 

4. Não use interruptores únicos


Muitos projetos de hoje já tem seguido essa ideia, mas ainda existem muitos que erram nesse ponto. Podemos dar o exemplo de um interruptor que tem 3 botões, sendo eles os responsáveis por toda a iluminação do lugar. Isso acaba sobrecarregando o componente.

 

Geralmente, isso ocorre em obras que não tiveram a participação de arquitetos, engenheiros ou pessoas com o conhecimento técnico necessário. Para evitar esse problema, busque dividir os circuitos da maneira correta. Além da diminuição de sobrecarga, existem outros fatores para evitar este que é um dos erros mais cometidos na iluminação.

 

Em uma loja, é mais fácil ter circuitos divididos para utilizar um apenas na vitrine, mesmo quando o estabelecimento estiver fechado.
Outro exemplo que podemos dar é o residencial. Se você quer ver um filme com a família, é possível dimerizar sua iluminação ou criar uma estrutura onde apenas a iluminação em volta da TV funcione.


Ou seja, existem inúmeras técnicas que podem ser feitas para evitar a utilização de 
interruptores únicos. Evite este erro!


5. Não tenha dúvidas


A casa é o lugar onde nos sentimos guardados e protegidos. É onde mais queremos ter conforto, não é mesmo? Sendo assim, busque ter certeza nas escolhas que você faz. Sabendo que iluminação é um campo muito amplo, fale com quem entende!

 

Hoje existem diversos especialistas que podem te ajudar, e muito material na internet. Para que suas escolhas sejam as mais corretas possíveis, leia bastante e se informe. Além disso, para evitar qualquer problema, fale com quem entende!


Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas. Se você quer fazer algo que possa se orgulhar no futuro, comece tirando todas 
as suas dúvidas. Só assim para conseguir um resultado de qualidade e que faça sentido para você.

 

Clique na imagem para ver o vídeo:


Siga-nos em todas as redes sociais:

YouTube: http://bit.ly/LuzDecorEacao
Instagram: https://www.instagram.com/emporioluz/
Instagram 2: https://www.instagram.com/mantovanidesigner/
Facebook: https://www.facebook.com/EmporioLuz/
Facebook 2: https://www.facebook.com/luzdecoreacao/
Pinterest: https://br.pinterest.com/emporioluz/
Twitter: https://twitter.com/emporio_luz