Dicas

Confira 4 tipos de lâmpadas para economizar na sua conta de energia

Publicado em 05/06/20 por Empório Luz.


Imagem: Filomena e Vaz – Suíte Master

 

Fala galerinha iluminada, tudo bem? 

 

O nosso artigo de hoje, tem base num vídeo do nosso canal Luz, Decor e Ação! que ensina quais lâmpadas podem nos auxiliar na redução de gastos e mesmo assim, são eficientes na iluminação dos nossos ambientes.

 

Se você estava procurando formas de reduzir seus  gastos com energia, veio ao lugar certo! Vamos te mostrar quatro tipos de lâmpadas que vão te ajudar a economizar e não ter mais surpresas com as contas no fim do mês, principalmente agora, neste momento atual, de pandemia, que temos passado muito mais tempo em casa, o que consequentemente leva à um maior consumo de energia de forma geral, mais lâmpadas acesas, mais tempo usando ar-condicionado, televisão… Mas ao mesmo tempo a renda de algumas pessoas sofreu um baque e diminuir os gastos se tornou mais importante do que nunca.

 

Imagem: Cotta Arquitetura

 

Que tipo de lâmpada é a mais econômica?

As lâmpadas são responsáveis por boa parte dos gastos com energia de uma casa, por isso, fazer a escolha certa na hora da compra pode fazer toda a diferença no orçamento.

Para facilitar a sua vida, fizemos uma lista com quatro tipos de lâmpadas e as suas principais características para que você esteja bem informado quando decidir qual é a melhor opção para a sua casa. Alguns dos modelos podem até ter um preço mais alto do que esperado, mas a economia que elas podem gerar em longo prazo faz com que a compra valha a pena!

 

1. Halógena


Imagem: Roberta Banqueri – Banheiro

O tipo de lâmpada halógena costuma ser bastante procurada pela qualidade do seu brilho. E por virem em muitos formatos diferentes como dicróica, palito, AR70, Par20 e outros, é a queridinha dos arquitetos e decoradores, porque podem ser usadas como luz de destaque, na decoração de jardins, e em ambientes como salas e quartos.

Elas são um pouco mais caras, mas consomem menos energia e duram mais tempo que as lâmpadas comuns (incandescentes): podem durar até 4.000 horas. Outro benefício: as lâmpadas halógenas são até 30% mais econômicas que as incandescentes.

 

2. Fluorescentes

 

As lâmpadas fluorescentes são mais econômicas que os dois tipos anteriores se for levado em consideração a sua durabilidade. Podem até ser mais caras, mas chegam a durar entre 7.500 e 8.000 horas.

Para fazer uma comparação: uma única lâmpada fluorescente de 15W equivale à uma incandescente de 60W, fazendo com que a conta de luz fique até 80% mais barata.

 

3.  LED

 

Esse é o tipo de lâmpada mais econômico da lista:  80% mais econômica que as incandescentes e 30% mais econômicas que as fluorescentes. Com uma média de até 25.000 horas de vida útil, uma lâmpada de LED de 10W ilumina um ambiente com a mesma intensidade de uma lâmpada incandescente de 60W ou uma fluorescente de 15W.

O led nem sempre é mais caro que as outras opções, hoje o preço está bem mais acessível se compararmos aos anos anteriores, mas em compensação também podem diminuir o consumo de energia em até 85%. A longo prazo, as lâmpadas de LED terminam tendo um melhor custo benefício. E ainda tem mais: Elas são sustentáveis. Como tem uma maior durabilidade, são menos descartadas, esquentam menos e quase toda a estrutura pode ser reciclada. É benefício para você e para o ambiente.

 

Para conferir lâmpadas LED, clique aqui

 

4. Tubo LED

 

 

A lâmpada tubo LED é uma boa alternativa para substituir as fluorescentes tubulares. Essa versão de lâmpada tubo, como todas em LED, também são mais econômicas, duram até 25.000 horas dependendo do consumo. Elas não precisam de um reator e a ligação é feita em somente um dos pólos da lâmpada (o lado da ligação tem a indicação FN).

Como já mostramos nesse vídeo aqui, as tubo LED vêm em outras quatro cores além da branca: azul, amarelo, verde e rosa que podem ser uma ótima opção para uma decoração mais lúdica e teatral. E todas elas vêm em tamanhos diferentes para a iluminação de ambientes maiores ou menores.

 

Para conferir lâmpadas Tubo LED, clique aqui

 

Mas como calcular o consumo de energia?

 

Se a ideia é reduzir os gastos, pode ser uma boa colocar na ponta do lápis o quanto de energia você consome.

Para fazer esse cálculo, você precisa saber a potência da lâmpada (watts), o número de horas em que a lâmpada fica ligada e os dias de uso. Depois é só multiplicar tudo.

Por exemplo, se você tem uma lâmpada de 60W que fica ligada por 8 horas durante 30 dias o cálculo seria: 60x8x30. O consumo de energia dessa lâmpada é de 14.400W. Para completar, é preciso dividir esse número por 1000 porque nas contas o consumo é medido em KW/h, ou seja, o consumo da lâmpada é 14,4KW/h.

Pronto! Agora você já tem uma ideia do funcionamento e das vantagens e desvantagens de cada uma dessas lâmpadas. Já pode correr para a nossa loja virtual e escolher a sua!

 

Gostou deste artigo? Compartilhe-o em suas redes sociais, para que mais pessoas possam conferir estas dicas!

 

Siga-nos em todas as redes sociais:

YouTube: Luz, Decor & Ação!
Instagram: Empório Luz Design
Instagram 2: Bruno Mantovani Design
Facebook: Empório Luz Design
Facebook 2: Luz, Decor & Ação!
Pinterest: Empório Luz Design
Twitter: Empório Luz Design




Deixe seu comentário


Siga-nos no Instagram

Luz, Decor e Ação Bruno Mantovani

Acompanhe no YouTube

Toda quarta às 11h

Inscreva-se

Compre em nossa loja virtual e receba no conforto da sua casa.

WhatsApp chat