Dicas

ATENÇÃO! Cuidado com o Ofuscamento!

Publicado em 19/07/19 por Empório Luz.

Já parou para pensar em como o ofuscamento pode ser algo incômodo quando se fala em iluminação? Não há nada pior que ficar sem poder enxergar as coisas direito por causa de uma luz muito forte. Pois bem, no texto de hoje iremos te falar sobre técnicas que existem para driblar esse problema. Vamos lá!

O ofuscamento é um problema não só na iluminação doméstica e comercial, mas também na iluminação em geral, como a
automobilística. Podemos dar um exemplo com uma lâmpada que temos aqui no escritório. Olhe essa foto abaixo e diga: ela te ofuscou?


Figura 1 – E aí, sentiu o ofuscamento?

Como você pode ver, existe uma agressão. Não apenas na forma como interpretamos aquela luz, mas fisicamente mesmo. A nossa íris acaba sendo irritada com uma situação assim, é algo cientificamente comprovado. Agora imagine se isso ocorre todos os dias?

 

Qual a solução

 



Pensando nisso, qual seria uma das saídas? Existem algumas tecnologias dentro do mercado de iluminação que podem atenuar esse efeito. Uma delas são os difusores. Ou podemos colocar uma saída para que a iluminação dessa lâmpada seja direcionada.

Recentemente Bruno Mantovani, que apresenta nosso canal no YouTube, participou de um evento sobre tendências da luz entre o meio analógico e digital. Nesse estudo o palestrante falou um pouco sobre ofuscamento.

Hoje, com o LED, existe uma miniaturização dos produtos luminotécnicos, consumindo cada vez menos energia e lúmens por watts. Essa tendência faz com que exista uma demanda para produtos cada vez menores mas que emitam cada vez mais luz.

Aí entra em cena a questão do ofuscamento. Quando se trabalha com um LED de alta potência, é necessário tomar alguns cuidados. O primeiro deles é como a luminária será projetada. Clientes, arquitetos,vendedores…todos devem ter essa consciência de cuidar da visão das pessoas que estarão utilizando aquela iluminação.

Uma outra saída que existe para produtos como placas de LED e painéis é uma certa profundidade, algo que já acontece em alguns spots. Essa profundidade auxilia num menor ofuscamento e também numa luz mais agradável. Existem spots assimétricos e com profundidade aqui na nossa loja. Nesse caso, a iluminação reflete internamente, fazendo uma angulação de luz.

Existem variações desse produto para teto, parede, como balizador…enfim, inúmeras opções! Assim a luz, que é emitida para uma determinada direção, ganha um novo ângulo de trabalho. Dessa forma a luz não vai mais no seu rosto diretamente. Chamamos isso de conforto visual, guarde essa expressão porque ela é muito importante.

Dessa forma você começa a projetar luz e deixar seu ambiente mais agradável. Um dos exemplos que Bruno ouviu na palestra é que costumamos relacionar luz artificial com a luz do sol. Mas quando falamos de potência, isso precisa ser diferente.

Imagine você num sol de 12h no meio da praia, conversando com alguém. O sol é tão forte que você não consegue enxergar o guarda sol que está a 5 metros de você. Porque? A luz é tão forte e reflete tanto que pode até queimar a retina!

Isso também pode acontecer em situações de neve ou no deserto. Existem estudos de especialistas de luz que mostram que
dependendo do modo que a luz do sol bate, ela pode ter um redirecionamento natural. Você pode entender melhor nesse vídeo.

Isso acaba sendo bom para usar menos luz artificial dentro de espaços comerciais, como escritórios, o que vai diminuir as contas no final do mês. A reprodução de cor acaba sendo muito melhor, além do seu ciclo circadiano ser melhorado já que a luz é 100% natural. Até o mofo acaba sendo evitado, tudo isso graças a luz do sol.

Imagine que você está numa praia durante a noite. Se você pudesse medir, daria pra ver que ali existe um número baixíssimo de lúmens. E ainda assim você enxerga as pessoas na sua frente e caminhar, estando com conforto para caminhar.

Ou seja, existem diferentes formas da luz se adaptar ao ambiente onde ela está sendo utilizada. Para definir se uma luz é forte ou fraca, isso irá depender da aplicação nos ambientes internos e externos. Vale citar também que cada vez mais as luminárias estão sendo melhoradas para entregar um melhor resultado.

Abaixo você pode ver um exemplo de luminária que possuem profundidade e fazem a diferença no ofuscamento. Dependendo do projeto, você terá amplas possibilidades para melhorar seu conforto visual.


Figura 2 – Exemplo de como as luminárias tem se reinventado

Um exemplo final que podemos dar tem a ver com a tecnologia dos carros, principalmente alemã. Os faróis na estrada podem muitas vezes fazer um efeito terrível, já que existe um ofuscamento para quem vem no lado oposto. Para evitar isso, os carros mais requintados jogam a luz para baixo, usando o mesmo conceito de direcionamento que falamos hoje.

E aí, gostou de aprender um pouco mais sobre iluminação? Estamos aqui para compartilhar conhecimento com você. Se tiver dúvidas sobre assuntos semelhantes, envie uma mensagem para a gente nos links abaixo que estaremos aqui para te ajudar com o que for necessário!

 

Ofuscamento

Siga-nos em todas as redes sociais:

YouTube: Luz, Decor & Ação!
Instagram: Empório Luz Design
Instagram 2: Bruno Mantovani Design
Facebook: Empório Luz Design
Facebook 2: Luz, Decor & Ação!
Pinterest: Empório Luz Design
Twitter: Empório Luz Design




Deixe seu comentário


Siga-nos no Instagram

Luz, Decor e Ação Bruno Mantovani

Acompanhe no YouTube

Toda quarta às 11h

Inscreva-se

Compre em nossa loja virtual e receba no conforto da sua casa.

WhatsApp chat