Blog

Estilo Industrial – Dicas de decoração e iluminação

Publicado em 21/01/22 por Empório Luz.

Dicas de Decoração e iluminação - Estilo Industrial

Dicas de Decoração e iluminação – Estilo Industrial

Fala galerinha iluminada! Tudo bem?

Você está construindo ou reformando o seu ambiente? Já sabe qual estilo de decoração vai seguir? 

Nós sempre falamos por aqui que iluminação e decoração caminham juntas, porque uma evidencia a outra. 

Pensando assim, a decoração traz o seu estilo de vida para a casa, e a iluminação transmite as sensações que você quer trazer para o seu ambiente.

Para te ajudar na escolha das peças e até mesmo a ter uma visão geral sobre os estilos de decoração, traremos uma sequência de artigos sobre as características de alguns estilos e quais as peças de iluminação que se encaixam neles.

Escolhemos começar por um estilo que está em alta, e que é marcado por características urbanas e de muita personalidade, sim, é o estilo industrial.

Ambiente com Estilo Industrial - Fonte: Idea Home

Ambiente com Estilo Industrial – Fonte: Idea Home

Quer conhecer um pouco mais sobre esse estilo e aprender a combinar a sua iluminação dentro dele? Então leia esse artigo até o final.

 

Quando surgiu o estilo industrial?

Iluminação também é cultura! Então vamos trazer para vocês um pouco da história do estilo industrial.

O estilo industrial urbano surgiu na década de 60 e teve o seu ápice na década de 70, em Nova York, nos Estados Unidos.

A principal causa foi que naquele período a cidade passava por um processo de desindustrialização, então as grandes fábricas foram transferidas para o oeste do país, por questões econômicas, deixando Nova York como o foco dos grandes e luxuosos empreendimentos e escritórios comerciais.

Devido a esse movimento as fábricas ficaram vazias, e o custo da moradia era alto, sendo assim os operários desempregados e pessoas de menor poder aquisitivo utilizaram as fábricas como residências, utilizando a estrutura já existente ali. Assim surgiram os primeiros lofts.

As casas tradicionais eram mais aconchegantes, e em nada se assemelhavam ao estilo encontrado no interior das fábricas, que era marcado por estruturas mais grosseiras, por exemplo, a exposição da tubulação hidráulica e elétrica, fios aparentes, cores frias e o espaço com revestimentos rústicos, como o cimento.

Mas, o que no início foi um choque e considerado uma opção precária, depois de adaptações e mudanças, virou tendência. Hoje esse estilo é visto como sinônimo de conceito urbano que transmite personalidade e modernidade aos ambientes.

 

Quais as principais características do estilo industrial na decoração?

O estilo industrial tem como ponto marcante as linhas bem definidas e estruturas aparentes. Vamos ver algumas características que marcam esse estilo, como os acabamentos predominantes, cores, materiais presentes e  utensílios utilizados na decoração.

Amplitude

Começaremos destacando a amplitude dos espaços. Esse estilo iniciou-se nas fábricas, que eram grandes em sua maioria e foram adaptadas para fins residenciais. Sendo assim, o espaço era amplo.

Trazendo isso para as residências, é possível aplicar essa característica unificando espaços. Então, uma boa opção é a unificação de espaços, criando ambientes integrados na residência.

Decoração Industrial - Fonte: Decor Fácil

Decoração Industrial – Fonte: Decor Fácil

Outra característica é o uso de portas e janelas grandes, permitindo que luz natural e ar fresco circule pelo ambiente.

 

Aspecto Inacabado

Se na decoração tradicional uma das prioridades é o acabamento, o estilo industrial vai na contramão disso. Sendo assim, partes que seriam encobertas passam a ser expostas.

Concreto, vigas, cimento e tijolos à mostra evidenciando o aspecto rústico no chão e nas paredes, são bem vindos. As tubulações elétricas e hidráulicas passam a compor a decoração, e os fios aparentes de forma estratégica também costumam estar presentes.

As paredes com tijolinhos são bastante utilizadas em tons terrosos, pois proporcionam um aspecto mais aconchegante para contrastar com os elementos frios que remetem à indústria. O cimento queimado também é muito utilizado.

Decoração Industrial - Fonte Telhanorte

Decoração Industrial – Fonte Telhanorte

Se os tijolinhos nas paredes ou o uso do cimento queimado não for uma opção viável no seu projeto, você pode utilizar papéis de parede com esses temas. É uma opção com custo menor e mão de obra facilitada.

 

Materiais mais utilizados

Para a decoração dos ambientes industriais materiais como ferro, aço e metal estão sempre presentes. Um dos motivos para o uso desses elementos é que são típicos das indústrias que inspiram esse estilo.

É comum também o uso da madeira, justamente para proporcionar o aspecto mais rústico ao local.

Decoracao Industrial - Fonte: Blog Sincenet.

Decoração Industrial – Fonte: Blog Sincenet

 

Cores

No estilo industrial predominam as cores sóbrias. Sendo assim, preto, cinza e branco estão presentes na maior parte do ambiente. 

É possível utilizar os tons terrosos nas paredes com os tijolos, e também acrescentar pontos de cor em alguns detalhes, como objetos decorativos, por exemplo.

Decoração Industrial - Fonte: Bartz Moveis Planejados

Decoração Industrial – Fonte: Bartz Moveis Planejados

 

O estilo industrial na iluminação

Existem muitas peças de iluminação que podem ser usadas no estilo industrial, entre essas peças destacamos os trilhos e luminárias compostas por materiais que atendem a proposta do estilo.

Veja exemplos de luminárias para a decoração industrial: 

 

Trilhos

Os trilhos são clássicos na iluminação de estilo industrial. As linhas retas e a estrutura sobreposta combinam com o estilo. 

Quando spots direcionáveis são colocados nos trilhos, auxiliam na criação de uma iluminação cênica que evidencia a decoração e os detalhes.

Iluminação com trilhos - Fonte: Casa Vogue

Iluminação com trilhos – Fonte: Casa Vogue

Evidenciamos os trilhos por serem luminárias que se adequam melhor a característica da proposta industrial, mas qualquer luminária pode ser usada nesse estilo e tudo dependerá da proposta para o ambiente e dos materiais escolhidos.

Na sequência abaixo traremos modelos de outras luminárias que atendem ao estilo industrial, veja:

Arandelas

Para compor a iluminação industrial com arandelas, você pode optar por peças compostas por ferro, por exemplo, veja nas imagens abaixo:

Arandela com estrutura de ferro

Arandela com estrutura de ferro

 

Ou ainda, peças vazadas ou no estilo aramado, como a da imagem abaixo.

Arandela aramada com madeira e ferro

Arandela aramada com madeira e ferro

 

Modelos com cúpulas também são bastante utilizados, no modelo abaixo temos a estrutura em ferro, cúpula com vidro fumê e a lâmpada de filamento.

O estilo industrial remete também ao estilo vintage, então algumas peças harmonizam entre esses dois estilos, podendo ser adaptadas de um para o outro.

Arandela com cúpula estilo industrial

Arandela com cúpula estilo industrial

 

Pendentes

Os pendentes no estilo industrial têm características como a composição por materiais mais bruscos como ferro, alumínio e metais, fios ou cabos expostos e o uso de lâmpadas de filamento também é bastante comum, veja:

Pendente de ferro estilo industrial

Pendente de ferro estilo industrial

Um ponto em comum na decoração e iluminação industrial é que as peças sempre trazem linhas fortes e marcantes, então os detalhes evidenciam a personalidade do estilo.

Pendentes estilo industrial

Pendentes estilo industrial

 

Outra possibilidade de pendentes para o estilo industrial é deixar os fios expostos. É um recurso despojado e que traz personalidade ao ambiente, porque com o uso de deslocadores de fios é possível criar diferentes formatos.

Pendente com deslocadores de fios

Pendente com deslocadores de fios

 

Pendentes vazados ou aramados também podem ser utilizados, em ferro e em metal.

Pendente Industrial Aramado - Fonte Micaza

Pendente Industrial Aramado – Fonte Micaza

 

Spots

O mais comum é a utilização dos spots com os trilhos, mas você também pode utilizá-los sozinhos, observe:

Spots

Spots

 

Perceba que na sala abaixo a opção foi o uso de fios (sem os trilhos) apenas com deslocadores para criar o formato desejado no teto, e os spots posicionados para a iluminação geral.

A mesma opção foi escolhida para as paredes, porém, com iluminação decorativa.

Iluminação Industrial

Iluminação Industrial – Fonte: Pinterest

Perfis de LED de Sobrepor

Se você sentir que seu ambiente precisará de uma iluminação geral, difusa, uma opção é utilizar perfis de LED de sobrepor.

Assim você mantêm o estilo industrial e garante a iluminação necessária ao seu ambiente.

Perfil de LED de Sobrepor

Perfil de LED de Sobrepor

 

Questões importantes para a iluminação de ambientes industriais

Como já vimos, o estilo industrial é carregado de personalidade e peças com linhas fortes. Mas existem alguns pontos importantes que precisamos considerar para manter o ambiente agradável:

1º Temperaturas de Cores

A iluminação neste caso é fundamental para destacar elementos e trazer uma certa suavidade para o ambiente.

Se a sua intenção for criar um ambiente industrial para a sua residência, é interessante que você trabalhe as temperaturas de cores quentes para ambientes como sala de estar, varandas e quartos  e neutras para áreas funcionais, como as cozinhas, por exemplo. 

Desta forma você trará um aspecto mais aconchegante, criando um contraste  para o ambiente que não seria possível com uma iluminação predominantemente fria.

2º Refletância

A escolha das luminárias para o estilo industrial deve ser feita com atenção para não prejudicar a luminosidade adequada para o ambiente, então escolha peças com bom fluxo luminoso.

A predominância de tons escuros como o preto e o cinza fazem com que o ambiente absorva mais a luz e reflita menos para o ambiente, e isso pode impactar a visibilidade se as luminárias não forem potentes.

3º Luz na quantidade certa

No estilo industrial é comum o uso de luminárias com iluminação direcionadas, caso dos trilhos e dos spots, por exemplo. Essas peças auxiliam a criar cenários nos ambientes e a evidenciar elementos decorativos. Mas cuidado com o excesso de sombras!

Procure incluir no projeto uma peça que forneça luz geral adequada e assim você conseguirá equilibrar a iluminação do seu ambiente.

Se estiver dentro de suas possibilidades, as claraboias também podem ser uma boa opção para a entrada de luz natural.

 

Como já citamos, os trilhos são bastante comuns na iluminação industrial, então, deixamos como sugestão que você assista o vídeo abaixo em que o designer Bruno Mantovani nos mostra os principais tipos e as suas funcionalidades.

 

Gostou deste artigo? Compartilhe-o em suas redes sociais, para que mais pessoas possam conferir estas dicas!

Convidamos você também para visitar a nossa loja física ou a nossa loja virtual

Siga-nos em todas as redes sociais:

YouTube: Luz, Decor & Ação!
Instagram: Empório Luz Design
Instagram 2: Bruno Mantovani Design
Facebook: Empório Luz Design
Facebook 2: Luz, Decor & Ação!
Pinterest: Empório Luz Design
Twitter: Empório Luz Design

 




Deixe seu comentário


Siga-nos no Instagram

Luz, Decor e Ação Bruno Mantovani

Acompanhe no YouTube

Toda terça às 19h

Inscreva-se

Compre em nossa loja virtual e receba no conforto da sua casa.